TÓPICOS

O Sol vai queimar a Terra em 750 anos, de acordo com cientistas de Harvard

O Sol vai queimar a Terra em 750 anos, de acordo com cientistas de Harvard

A equipe de pesquisa que tem estudado os efeitos de "superflares" na história do planeta Terra estima que essa catastrófica explosão solar ocorrerá em cerca de 750 anos.

O estudo analisa como essas erupções de alta intensidade podem levar a processos de extinção, enquanto as mais moderadas, ao contrário, são um fator na formação de componentes orgânicos fundamentais para a origem da vida.

A pesquisa conclui que os danos econômicos e tecnológicos causados ​​pela próxima explosão solar de alta intensidade podem significar o fim da humanidade.

As manchas solares de alta intensidade são capazes de desativar satélites e sistemas elétricos. No entanto, o maior risco desses fenômenos solares é que eles danificariam seriamente a camada de ozônio, essencial para proteger a biosfera terrestre dos raios ultravioleta.

Dessa forma, um nível excessivo de radiação poderia causar o superaquecimento das camadas superiores da atmosfera, com o conseqüente dano aos organismos fotossintetizantes e a degradação do DNA.

<iframe width="640" height="360" src="https://www.youtube.com/embed/DLUNnXm2GM0?rel=0&amp;showinfo=0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

Com informações de:


Vídeo: Explosão Solar Parte 26 (Junho 2021).