TÓPICOS

A crise climática afeta minhocas

A crise climática afeta minhocas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A atividade das minhocas no solo é essencial para a agricultura, mas elas estão sendo afetadas pelas mudanças climáticas.

A precipitação e as temperaturas são os fatores que mais afetam as minhocas, conforme relatado por uma equipe de mais de 140 cientistas coordenados pelo Centro Alemão de Pesquisa Integrativa da Biodiversidade (iDiv).

As minhocas desempenham um papel fundamental. Ao contrário dos organismos que vivem na superfície da Terra, a diversidade das minhocas (Eisenia foetida)É maior nas regiões temperadas do que nos trópicos, de acordo com um estudo internacional coletado emCiência onde participa a Universidade Complutense de Madrid (UCM), entre outras instituições espanholas.

Descobrimos que as chuvas e a temperatura são os fatores ambientais que mais influenciam a distribuição global das minhocas, então é de se esperar que as mudanças climáticas causem mudanças drásticas nas comunidades desses animais.”, Explica Mónica Gutiérrez, pesquisadora do grupo de Zoologia de Solos da UCM.

Os especialistas compilaram o maior banco de dados de minhocas do mundo, que inclui 6.928 localidades de 57 países. A maior diversidade local e a maior abundância e biomassa desses animais são encontradas em regiões temperadas como Europa, norte dos Estados Unidos e Nova Zelândia, segundo o estudo.

Efeito cascata em outras espécies

As minhocas são consideradas engenheiros do ecossistema e prestam serviços importantes que não têm sido valorizados de forma adequada pela sociedade: misturam componentes minerais e orgânicos do solo, aceleram os ciclos de nutrientes tornando-os mais acessíveis às plantas, melhoram a retenção de água, contribuem para a dispersão das sementes e aumentam a fertilidade dos solos.

As minhocas são o grupo de animais mais importante para a biomassa em solos de zonas temperadas (pode haver mais biomassa de minhocas do que de mamíferos). Toda essa biomassa é a base alimentar para outros animais, como muitos pássaros e pequenos mamíferos”, Destaca Juan B. Jesús, também pesquisador do grupo de Zoologia de Solos da UCM.

De acordo com o estudo, sua abundância média por metro quadrado em escala global é de 78 indivíduos e a biomassa pode chegar a 2 kg em alguns pontos específicos.

É por isso que os especialistas em UCM se qualificam como “motivo de preocupação“A forte relação entre as variáveis ​​climáticas e as comunidades de minhocas, visto que o clima continuará a mudar devido às atividades humanas nas próximas décadas.

Isso afetará as funções e serviços que esses animais realizam no ecossistema, produzindo um efeito em cascata sobre outros organismos, como microrganismos, insetos ou plantas.”, Afirmam.

A minhoca, um anelídeo desprotegido

Além disso, cientistas alertam que as áreas protegidas podem não estar cumprindo seu papel no caso dos vermes. A biodiversidade é um elemento chave na definição de áreas protegidas, como parques naturais, entre outros. O solo continua sendo a grande caixa preta no estudo dessa biodiversidade e não tem sido levado em consideração nas políticas de conservação.

Referência bibliográfica:

Phillips H.R.P. et al. "Distribuição Global da Diversidade de Minhocas".Ciência, 25 de outubro. 2019.


Vídeo: Aquecimento global. Fantástico 12052019 (Julho 2022).


Comentários:

  1. Drugi

    Ideia admirável e é oportuna

  2. Wartun

    legal .... lindo ... e não só

  3. Pelles

    Desculpe, afastei essa ideia :)

  4. Milaan

    Parabéns, sua opinião será útil

  5. Tukinos

    Sinto muito, isso interferiu ... em mim uma situação semelhante. Vamos discutir.



Escreve uma mensagem